ABBI – Associação Brasileira de Bioinovação
Notícias
19 de abril de 2018

Nomeada nova presidência da CTNBio

Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de hoje, a Portaria Nº1.626, de 18 de abril de 2018, designando a Drª. Maria Sueli Soares Felipe como a nova Presidente da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) e a Drª. Maria Lúcia Zaidan Dagli, como substituta da Presidente.

Representante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) na CTNBio desde setembro de 2014, bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 1A e professora-titular aposentada da Universidade de Brasília (UnB), Drª. Maria Sueli possui graduação em Química e mestrado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular) pela mesma Universidade e doutorado em Bioquímica pela Universidade de São Paulo (USP), com parte do projeto realizado na University of Manchester Institute of Science and Technology, no Reino Unido.

Foi Diretora do Depto. de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento (SEPED/MCTIC), membro do Núcleo de Assessores em Tecnologia e Inovação (Nati) do CNPq, membro do Comitê de Biotecnologia da Capes e do International Centre for Genetic Engeneering and Biotechnology (ICGEB), consultora da Unesco/MCTIC e coordenadora de desenvolvimento tecnológico e inovação da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). Atualmente é pesquisadora colaboradora sênior da UnB, professora da Universidade Católica de Brasília (UCB), onde coordena o Programa de Pós-Graduação em Ciências Genômicas e Biotecnologia, e membro consultivo do Comitê Científico do International Center for Genetic Engineering and Biotechnology (ICGEB), junto ao MCTIC.

Drª. Maria Lúcia é membro da CTNBio (especialista da área animal) e Presidente-substituta desde 2014, tem graduação em Medicina Veterinária pela USP, mestrado e doutorado em Patologia Experimental e Comparada pela mesma Universidade e realizou pós-doutoramento na International Agency for Research on Cancer (IARC – WHO), em Lyon, França. É professora-titular da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, Presidente Cessante da Associação Latinoamericana de Patologia Toxicológica (ALAPTE), Presidente da International Federation of Societies of Toxicologic Pathology (IFSTP), coordenadora do Núcleo de Apoio à Pesquisa em Oncologia Veterinária (NAP-ONCOVET) e Vice-Presidente da Comissão de Pós-Graduação do Programa de Pós-Graduação Interunidades em Biotecnologia e foi Presidente da Associação Brasileira de Oncologia Veterinária (ABROVET).

Diante da competência e experiência das pesquisadoras, a ABBI congratula a nova gestão desejando sucesso em seus desafios, certa da significativa contribuição para o desenvolvimento e o progresso técnico e científico da biotecnologia brasileira.