ABBI – Associação Brasileira de Biotecnologia Industrial
Notícias
24 de agosto de 2018

MCTIC e CGEE debatem os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

Em parceria com o CGEE, primeiro encontro foi realizado em Belém (PA) para discutir biodiversidade.

MCTIC/ASCOM – O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) realizaram no dia 22/08/18, um ciclo de palestras “CTI para a Sustentabilidade (CTI ODS 2030)” para mobilizar a sociedade no debate sobre o papel da ciência no cumprimento da Agenda 2030 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas.

No evento, foram discutidas propostas e iniciativas para a produção de conhecimento relacionado ao desenvolvimento sustentável, envolvendo representantes do governo, comunidade científica e setor produtivo.

Participaram do painel o pesquisador Adalberto Val, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa); o diretor-presidente da Biotec-Amazônia, José Seixas Lourenço; a diretora-executiva da Chamma da Amazônia, Fátima Chamma; e o presidente executivo da Associação Brasileira de Biotecnologia Industrial (ABBI), Bernardo Silva.

O ciclo contou com seis painéis neste ano, realizados em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), que lançará, em cada edição, um glossário ODS relacionado ao tema em questão. Os debates serão organizados em diferentes cidades brasileiras, sendo o último deles em outubro, em Brasília, combinado com a programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2018).

ODS

Em 2015, os países-membros das Nações Unidas assumiram o compromisso de implementar uma agenda universal e integrada, intitulada “Transformando Nosso Mundo: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”. Essa agenda abrange 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável desdobrados em 169 metas.

Os ODS (2016-2030) sucedem os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM 2000-2015) e, devido ao protagonismo internacional do Brasil no cumprimento das metas dos ODM, o país conquistou um assento no Grupo de Alto Nível da ONU que acompanha a implementação mundial da Agenda 2030.

No Brasil, por meio do Decreto nº 8.892, de 31 de outubro de 2016, foi instituída a Comissão Nacional para os ODS, instância consultiva que reúne representantes dos governos federal, estadual e municipal, além de representantes da sociedade civil.