ABBI – Associação Brasileira de Biotecnologia Industrial
Notícias
31 de agosto de 2018

Seminário discute desafios do setor biotecnológico em Brasília

Foto: site CNPq

 

Propostas, sugestões e demandas para orientar ações futuras no CNPq foram debatidas

Correio Braziliense – 30/08/18 – Representantes do governo, de universidades e do setor produtivo participaram de uma mesa redonda que debateu temas como bioeconomia, nesta quarta-feira (30/8). O seminário “A indústria da biotecnologia: desafios científicos, tecnológicos e regulatórios” ocorreu em Brasília, na sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Empresas do ramo farmacêutico e de biotecnologia discutiram o desafios do setor.

No evento, foram apresentadas propostas, sugestões e demandas que orientam o CNPq na formulação de diversas ações. Entre elas financiamento de projetos e formação de parcerias para atuações futuras, que permitirão a aproximação do mercado e da ciência. O objetivo é que as iniciativas trilhem um caminho que facilite o governo, a academia e o setor produtivo a enfrentar os desafios científicos e tecnológicos relacionados à biotecnologia.

Segundo o diretor de Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde do CNPq, Marcelo Morales, o debate é fundamental, porque a biotecnologia abre oportunidades de negócios para o Brasil. “Desburocratizar tudo o que é relativo a tecnologia é primordial para transformar o conhecimento científico em produtos com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento da economia brasileira baseada em conhecimento”, explica.

Inova-Genbiotec

A Coordenação do Programa de Pesquisa em Biotecnologia e Recursos Genéticos, do CNPq, ao lado de pesquisadores e representantes das redes regionais de biotecnologia, criou o Grupo de Trabalho de Políticas em Biotecnologia e Recursos Genéticos (GT), que resultou no documento Inova-Genbiotec. O propósito é abordar temas em áreas científicas e tecnológicas prioritárias diante do atual cenário de limitação de recursos e com a regulamentação do Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I).

Clique aqui para a matéria completa.