ABBI – Associação Brasileira de Bioinovação
Notícias
8 de março de 2018

ABBI e World Economic Forum on Latin America, juntos rumo à bioeconomia avançada

São Paulo 08/03/18 – São Paulo vai sediar, nos dias 13 a 15 de março, o World Economic Forum on Latin America e, em parceria com a ABBI – Associação Brasileira de Biotecnologia Industrial, realizará uma sessão entitulada “Strengthening a Bio-Economy in Latin America”, onde traçaremos uma visão atualizada dos principais condutores e desafios-chave para a consolidação da bioeconomia avançada na região. Mais de 20 CEOs, lideranças públicas regionais, organismos internacionais, academia, e ONGs farão parte deste petit comité.

Ao todo, o Fórum Econômico Mundial sobre a América Latina reunirá mais de 750 líderes globais e regionais do governo, das empresas e da sociedade civil em um momento decisivo para a América Latina, como um ciclo eleitoral intenso nos próximos dois anos promete impactos políticos e socioeconômicos de longo alcance.

A reunião procurará aproveitar esse impulso para ajudar a moldar a nova narrativa para a região. Ele visa ajudar a estruturar um caminho que se baseia na riqueza em recursos humanos e naturais e coloca a liderança responsável e o bem-estar das pessoas como principais pontos; englobando a tecnologia e a inovação como fatores-chave para modernizar as economias, aumentar a produtividade e a governança, e promover o progresso econômico para todos.

À medida que a retórica protecionista e a incerteza política a nível global afetam a região, a agenda de integração está sendo revigorada: os desenvolvimentos recentes entre o Mercosul e a Aliança do Pacífico aumentam o potencial de crescimento liderado pelo país. Simultaneamente, à medida que as economias latino-americanas mostram sinais de recuperação e os esforços para combater a corrupção produzem resultados tangíveis em vários países, os formuladores de políticas estão se esforçando para implementar novas reformas estruturais e institucionais.

A reunião ajudará as organizações a navegar e moldar as transformações econômicas, políticas e tecnológicas futuras.Explorará como a Quarta Revolução Industrial pode ajudar a região a maximizar seu potencial e a promover seu espírito empreendedor e seu próspero ecossistema de start-up.

O país anfitrião, o Brasil, é a nona maior economia do mundo, com um grande mercado doméstico e um papel crucial no desenvolvimento sustentável. Espera-se que reformas recentes gerem eficiência econômica e estabilidade a longo prazo. A mega-cidade anfitriã de São Paulo é um importante centro financeiro e um centro de empreendedorismo e inovação. Vozes jovens que estão dirigindo a mudança para um futuro mais qualificado e digitalmente habilitado fornecerão a visão da próxima geração para a América Latina.

Programação

A reunião abordará questões estratégicas de importância nacional e regional sob três pilares temáticos:

Promovendo a liderança responsável e a governança ágil
Debate como os líderes de todos os setores da vida podem criar valor a longo prazo para a sociedade e superar desafios de governança regional. O período atual de mudanças políticas generalizadas oferece uma oportunidade para inspirar os líderes latino-americanos com novas narrativas que atinjam as expectativas dos constituintes.

Garantir o progresso econômico para todos
Exame de como as reformas estruturais e o investimento, acompanhados de melhorias industriais, diversificação e desenvolvimento do capital humano, podem garantir o aumento da produtividade e o progresso econômico para todos.

Aproveitando o Potencial da Quarta Revolução Industrial
Exploração de como a região pode moldar tecnologia e inovação para seu benefício. Isso inclui a compreensão do impacto de tecnologias como blockchain, internet de coisas, aprendizado de máquinas e robótica.

Acesse aqui para mais informações.